Cinema Cult | Animais Noturnos




O filme Animais Noturnos foi dirigido por Tom Ford e estreou em 29 de dezembro de 2016. É uma obra de arte sobre culpa, superficialidade e uma pesada crítica à própria arte, ou o que é visto como arte hoje. É um escândalo em três narrativas simultâneas. Foi baseado no livro “Tony & Susan”, de Austin Wright, publicado em 1993. O filme consegue chocar através uma fotografia maravilhosa e uma utilização de cores perfeita, intensa e significativa.

A protagonista da trama é Susan, interpretada por Amy Adams. Ela é uma negociante de arte com um emprego respeitável em uma galeria de arte renomada de Los Angeles. No entanto, seu relacionamento com o marido (Armie Hammer) não vai bem. Enquanto ele sai para viajar, ela fica em casa com o presente do ex-marido Edward (Jake Gylenhaal), um manuscrito de um romance escrito por ele e dedicado à ela. O nome do romance? Animais Noturnos. Susan inicia a leitura sobre uma família em viagem de carro e instantaneamente projeta a imagem dela na mulher, de Edward no homem e de sua própria filha na filha do casal. O romance começa a tomar rumos violentos. 

Lembra sobre o que eu falei das cores aqui? Preste atenção nas cores utilizadas dentro da história para depois comparar com as cores utilizadas na vida de Susan.


Amy Adams está brilhante neste papel. Muitas vezes, a cena se volta inteiramente para ela, mesmo sendo as folhas de papel do romance as únicas peças em cena interagindo com a atriz. Suas expressões e seus olhares transmitem tudo o que precisamos saber. Nas palavras de Tom Ford:

“Eu gosto de melhorar a realidade. Quando vejo um filme, quero que as personagens sejam mais belas do que na vida real e quero que tudo seja um pouco exagerado. A Amy Adams foi a primeira atriz que eu consegui convencer a participar no projeto. A personagem dela lê um livro e ela é capaz de expressar os sentimentos e os pensamentos graças à expressão facial e ao olhar. Queria que a personagem suscitasse empatia e de fato conseguimos ver as coisas através do olhar dela.”


Animais Noturnos é chamado de thriller psicológico por alguns e neo-noir por outros. De qualquer forma, se você gosta de filmes mais lentos e ricos visualmente, este é o seu filme. É esteticamente impecável e que consegue manter um nível de tensão sufocante até o final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário