Resenha | Diário De Um Exorcista (Renato Siqueira e Luciano Milici)

“Como lutar contra as trevas quando elas se escondem dentro de você?”
O Padre Lucas Vidal é conhecido hoje por ser um dos maiores exorcistas da América Latina. Por que eu decidi começar o texto com esse fato? Bem, não importa se acreditamos ou não em espíritos ou demônios e não importa que forma nós possamos atribuir ao mal, pois quando vemos a frase “baseado em fatos reais” antes de começar a assistir um filme ou ler um livro, a história ganha um colorido todo novo. Se você acredita ou não, não é relevante, porque foi muito real para aquelas pessoas. Este é o fato, foi real para elas.


Essa é a história do Padre Lucas Vidal e ela inicia com uma tragédia pessoal muito forte. Quando era menino, ele viu o pai se suicidar. As circunstâncias eram estranhas, afinal algumas coisas sem explicação já vinham acontecendo na vida do ingênuo garoto. Esse relato é contado por ele para dois adolescentes compenetrados em fazer um documentário sobre exorcismos, sendo que o livro começa intercalando o relato do Padre com as gravações da entrevista. Enquanto conta sua história, Vidal fala sobre como se tornou padre e então como se especializou em exorcismos. Além disso relata sobre como podia, desde pequeno, ver coisas que outras pessoas não podiam. Encontramos, logo no início da narrativa vários elementos clássicos desse tipo de história de horror. Os estudantes com a câmera na mão, os ruídos na gravação, todos os elementos atrativos para quem gosta da temática e mais alguns bônus. Há o “Breviário do Padre Bórgio Staverve Sobre Exorcismos”, que consiste em pequenos textos sobre a prática do exorcismo inseridos entre as páginas do livro. Também encontramos alguns rituais em latim [não tente praticar isso em casa] e um caderno especial em papel couchê completamente colorido com cenas do filme.

Sim, há um filme. O livro surgiu da parceria do escritor Luciano Milici com o cineasta Renato Siqueira. Ao assistir o trailer, Milici se sentiu inspirado pela história do Padre Vidal. Apesar disso, não é um filme baseado em um livro, nem um livro baseado em um filme, pois ambos foram criados em paralelo. Milici já forneceu algumas entrevistas falando sobre a obra e os personagens. O autor defende sua obra por estar mais próxima da nossa realidade, afinal é um livro de origem nacional. Além disso, ele promete muitos extras com o universo desenvolvido, como games, quadrinhos e vídeos no youtube contando histórias estranhas que aconteceram durante as filmagens e outras curiosidades. Uma das curiosidades que mais me chamou a atenção foi a de que o Padre do livro conheceu o exorcista jesuíta responsável pelo caso que inspirou William Peter Blatty a escrever o clássico “O Exorcista”.


A obra possui alguns pontos negativos que me incomodaram, como o estilo de escrita do autor. Ele possui um tom levemente formal e conservador que funciona melhor para o Padre Vidal, mas que não funciona para os garotos. Às vezes, as falas dos meninos soam um pouco forçadas. O segundo ponto que eu ressaltaria é que é uma leitura para ser feita com cuidado. Como é baseado em fatos reais, os pontos de vista apresentados condizem com a personalidade das pessoas envolvidas. Isso gera algumas passagens “problemáticas”. Exemplo disso é um diálogo entre o jovem Padre Vidal e seu tutor na prática do exorcismo, onde eles comentam sobre possíveis sinais de possessão, como pessoas que sofrem de “doenças mentais e nervosas”. Alguns exemplos são citados durante a conversa, mas basta dizer que é preciso ler a história com atenção e olhar crítico.

É evidente o esforço investido pelos criadores nesse projeto, os envolvidos parecem compromissados com o universo do Diário de um Exorcista e demonstram cuidado com o tema. Infelizmente, não podemos constatar qual o nível de precisão dos fatos apurados, afinal os nomes dos envolvidos foram trocados. Ainda assim, a narrativa não é floreada e não acrescenta nada muito além do essencial, o que suscita uma leitura fácil e rápida e uma obra com quatro estrelinhas e meia no Skoob.

Diário de Um Exorcista foi cedido pela editora Generale ao Nerdbucks por conta da parceria. Acompanhe as novidades da Editora:

Ficha Técnica
Nome: Diário de Um Exorcista
Autores: Renato Siqueira e Luciano Milici
Editora: Generale
Páginas: 226
Onde Comprar: Submarino, Saraiva, Amazon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário