Lobisomem: os Destituídos (2ª Edição) | O Lobo Precisa Caçar

Nós somos predadores; nós não comemos carne por necessidade, nós comemos carne porque temos desejo de sangue. - Jeff Lindsay
Lobisomens, criaturas que eu sempre apreciei, mas que, infelizmente nunca me fisgaram no contexto do antigo Mundo das Trevas. Havia vários pontos interessantes, é verdade. Mas os “soldados de Gaia” nunca me convenceram. Quando vi Lobisomem: os Destituídos pela primeira vez, peguei o livro com certa desconfiança. Essa desconfiança é difícil de manter com o livro em mãos, uma vez que a arte é absolutamente estonteante. O cuidado gráfico de todos os livros da nova linha de cenários da Onix Path é de tirar o fôlego. Os livros possuem uma unidade, um conceito, uma identidade visual consistente. Tudo combina com a temática. Aqui, a temática é a tênue linha que traça o limite. O limite impossível entre a fera e o homem. Um jogo narrativo de fúria selvagem.
Uma tempestade se aproxima. O vento uiva entre os prédios. Pessoas se apressam em seus carros, em seus escritórios, em suas casas. Mas não você. Você só tem olhos para aquele policial posicionado meia quadra a sua frente. Duas semanas atrás, ele plantou narcóticos em dois dos seus companheiros de matilha. Ele está tentando reduzir a “atividade de gangues”. Mas o que ele não percebe é que suas vítimas não são parte de uma gangue. Elas são parte de uma alcateia, e um lobo precisa caçar. Lobisomem é um jogo de agressão selvagem e horror sangrento. Lobisomem é um jogo sobre dominação e violência, sobre um mundo dividido em “nós” e “eles”. É sobre ser caçar e ser caçado. É sobre o quão longe você iria por um dos seus.
Lobisomem é sobre encontrar a presa e esmagá-la contra o chão, ouvi-la ressoar em desafio ou implorar por misericórdia, então triturar sua garganta com sua mandíbula. Trata-se de desfrutar da natureza da violência e da dominação de um modo único. Impossível de outra forma. Lobisomem é um jogo sobre a excitação da caçada e o medo de ser caçado.
Nesse jogo, Lobisomens são criaturas fortes e brutais, difíceis de matar. Eles não tem uma forma natural. Sua forma humana é apenas um disfarce. Eles não perdem a capacidade de raciocinar quando se transformam e se regeneram facilmente. Resumindo, tudo o que você tem a fazer diante de uma criatura como essa é rezar e correr o mais rápido que puder. Além disso, eles se referem a sua espécie como Uratha e sua transformação é influenciada pela Lua. Essas criaturas são mais grandiosas que qualquer humano, embora existam humanos que podem ameaçar até mesmo a existência de um bando de lobisomens. Portanto, como quaisquer outros monstros, eles possuem regras para conviver em sociedade. Se mantêm escondidos do mundo, embora tentem manter contato com as pessoas. E isso é importante para a manutenção da sua própria humanidade.


Cahalith

Os lobisomens Cahalith, nascidos na Lua Gibosa, são aqueles que vivem e contam as histórias do seu bando. São visionários e profetas, uma vez que são visitados por Luna em seus sonhos. Através das visões, ela os informa sobre as caçadas vindouras através de conhecimento sutil em forma de símbolos oníricos. No entanto, os Cahalith buscam por glória, não sabedoria. A moral é fazer da história, digna de ser repassada adiante. Sua função na matilha é manter os ânimos dos companheiros de acordo com a situação.

Dons: Lua Gibosa, Inspiração, Sabedoria (Gibbous Moon, Inspiration, Knowledge).
Especializações das Habilidades: Ofícios, Expressão e Pesuasão (Crafts, Expression, Persuasion).
Renome: Glória (Glory).

Elodoth

Nascidos sob a Meia-Lua, os Elodoth são os que trilham um caminho um tanto quanto obscuro. Podem ser charmosos, espertos, taciturnos ou mesmo paranoicos. São figuras sociais, mantém um certo equilíbrio fazendo acordos aqui e ali. Preocupado em manter uma extensa teia de relações, uma vez que nunca sabe qual fio será necessário puxar para conseguir uns favores da próxima vez.

Dons: Meia-Lua, Intuição, Proteção (Half Moon, Insight, Warding).
Especializações das Habilidades: Empatia, Investigação, Política (Empathy, Investigation, Politics).
Renome: Honra (Honor).

Irraka

Os lobisomens que nasceram sob o augúrio da Lua Nova nasceram sob uma lua de segredos e sombras que acobertam seus passos. É um lobisomem que não uiva. Ataca sem aviso buscando tirar toda a vantagem possível de uma situação.

Dons: Evasão, Lua Nova, Dissimulação (Evasion, New Moon, Stealth).
Especializações das Habilidades: Astúcia, Dissimulação e Furto (Larceny, Stealth, Subterfuge).
Renome: Sagacidade (Cunning).

Ithaeur

Lobisomens da Lua Crescente, aqueles que veem os espíritos. Em todo o lugar, eles os veem e por esse motivo, nunca estão sozinhos. São xamãs. Precisam aprender a conviver com essa condição e a respeita-la. 

Dons: Lua Crescente, Elementos, Modelagem (Crescent Moon, Elemental, Shaping).
Especializações das Habilidades: Trato com animais, Medicina, Ocultismo (Animal Ken, Medicine, Occult).
Renome: Sabedoria (Wisdom).

Rahu

Particularmente, um dos meus favoritos. Todos os lobisomens são caçadores, mas os Rahu são verdadeiros guerreiros, nascidos sob a Lua Cheia. São os mais violentos e estão lá para garantir a vitória a qualquer custo. Mas eles não lutam pela glória como os Cahalith, mas sim porque é seu dever.

Dons: Dominancia, Lua Cheia e Força (Dominance, Full Moon, Strength).
Especializações das Habilidades: Briga, Intimidação e Sobrevivência (Brawl, Intimidation, Survival)
Renome: Pureza (Purity).
Nenhum metal. Nenhum fogo. Apenas presas, garras e fúria.

Tribos

Garras de Sangue

Predadores, cuja raiva corre pura no sangue. Violência é mais do que um meio para um fim. As vezes, é simplesmente tudo o que há. As Garras de Sangue são a pura encarnação da fúria.

Dons: Inspiração, Fúria e Força (Inspiration, Rage, Strength).
Renome Primário: Glória (Glory).

Sombras Descarnadas

A besta que caminha em dois mundos ao mesmo tempo. Sabedoria corre através das suas veias e a mágica está no seu sangue. Buscam conhecimento, exploram segredos e são seus protetores. 

Dons: Morte, Elementos, Proteção (Death, Elements, Insight).
Renome Primário: Sabedoria (Wisdom).
Homem velho, homem alto, homem morto, homem falso.
Aqueles que Caçam nas Trevas

São os demônios na escuridão, a perseguição está em seu sangue e o terror impregnado em seus ossos. A quintessência do que significa ser um Lobisomem. São as bestas mais espertas e mais selvagens.

Dons: Dissimulação, Natureza e Elementos (Stealth, Nature, Warding).
Renome Primário: Pureza (Purity).

Mestres do Ferro

O lobo na pele de cordeiro. Adaptação está no seu sangue e a astúcia nos seus ossos. Você caminha irreconhecível através do rebanho. Os Mestres do Ferro são engenhosos, sobreviventes e inovadores. 

Dons: Conhecimento, Modelagem e Tecnologia (Knowledge, Shaping, Technology).
Renome Primário: Sagacidade (Cunning).

Senhores das Tempestades

Você é a tempestade iminente. Gelo corre em suas veias e os seus ossos são ferro. Um assassino implacável. Você continua enquanto outros quebram, desistem e ficam para trás. São caçadores frios e calculistas. Não podem ser dobrados por dor ou pena. Não podem ser parados por absolutamente nada.

Dons: Evasão, Dominância, Clima (Evasion, Dominance, Weather).
Renome Primário: Honra (Honor).

Lobos Fantasmas

O lobo solitário. A lua está em seu sangue e a caça em seus ossos, mas maldito seja aquele que entende o porquê. A pureza de seu propósito ainda não está clara. Esses são os lobisomens que deram as costas à sociedade, a Luna e tudo o mais. Eles não são uma tribo, muitos são simplesmente ignorantes. Alguns até mesmo tentam negar sua natureza. Como já era de se esperar, é difícil para eles se enturmarem.

Dons: Eles não possuem afinidades com Dons.
Renome Primário: Eles não um Renome Primário.

Metamorfose

A parte mais legal de ser um Lobisomem. Vamos lá. Eles tem várias fases, com características diferentes em cada uma delas, portanto vamos passar brevemente pelas categorias para dar uma noção geral.

Hishu: o ser humano

Essa forma pode ou não ser confortável para o Uratha. Enquanto alguns a veem como uma ferramenta natural na ordem das coisas, outros podem realmente apreciar o disfarce.

Dalu: o quase-humano

Essa forma é usada para para não chamar muita atenção durante uma caçada. Pode ser usada para terminar uma luta mais rapidamente ou simplesmente impedir que a mesma sequer aconteça.

Gauru: o homem-lobo

A quintessência do que é ser um Lobisomem. A forma de Gauru simplesmente termina a caçada. É a pele que o Uratha veste para matar. Para alguns deles, é a forma que os faz se sentir mais confortáveis.

Urshul: o quase-lobo

A forma próxima mais próxima do lobo anterior ao Gauru. Perfeita para causar uma boa dose de destruição.

Urhan: o lobo

O perfeito disfarce de lobo. É a forma perfeita para longas corridas, onde o Lobisomem precisa percorrer distancias absurdas antes da exaustão para fazer seu primeiro ataque.

Ancoras (Anchors)

As Ancoras mantem os Uratha com os pés firmes no chão. São conceitos, filosofias, pessoas, lugares
e coisas que o ajudam a se encontrar quando perdido. São três: Sangue, Osso e Marca (Blood, Bone, and Touchstones).

O Sangue e o Osso atuam como dicotomias. Enquanto o sangue é o aspecto visceral, instinto inerente, o Osso é o fio condutor pessoal que identifica a pele humana sob os pelos e as garras. A Marca, por sua vez, é o que lembra o Uratha que ele não é nem carne, nem espírito, mas algo entre essas duas coisas. Exemplos de arquétipos de Sangue são o Alfa, o Destruidor, o Desafiador, etc. Exemplos de arquétipos de Ossos são os Filhotes, os Hedonistas, etc. As Marcas são coisas que o Lobisomem deseja, mas não pode possuir. Enquanto ele anda entre dois mundos ele pode sentir que não pertence realmente a nenhum dos dois. Uma Marca física (um lugar, uma pessoa) mantém o Lobisomem mais próximo de sua humanidade, enquanto um Marco espiritual (um espírito, um totem, uma filosofia) o afasta.

Aspectos Gerais

Tanto o texto, quando o visual da segunda edição, conseguem ser ainda mais atrativos que os da primeira. Os tons fortes e terrosos das imagens, os recortes de papel contanto histórias de transformações e investigações. Tudo dá um toque bem especial ao cenário, que está um pouco mais focado e conciso.

O jogo é muito dinâmico. E é fácil de encaixar aventuras ou mesmo campanhas, uma vez que os Uratha fazem as vezes de Investigadores/Caçadores do Sobrenatural. O maior legado do Pai Lobo para eles é o ato da caça. Eles não são bestas completamente fora de controle suscetíveis pela lua e pela sede de sangue, mas eles são criaturas de grande violência. Lobisomens são criaturas de paixões intensas, uma luxúria pela vida que poucos humanos poderiam entender. Eles realmente sentem o mundo.

A vontade de caçar queima e seu coração e em sua alma. A vontade de perseguir sua presa enquanto seu sangue pulsa fogo em seu corpo. Ontem você nem mesmo sabia como era esse sentimento, mas hoje você está sentado numa sala com os corpos da sua família e você precisa caçar.
Você é um HUMANO. Um LOBO. Um ASSASSINO. Um MONSTRO. O PREDADOR PERFEITO.
Você precisa manter o balanço entre a lua e o lobo. Entre a carne e o espírito. Entre o bando e a presa.
Seu sangue queima. O que você vai fazer a respeito? O lobo precisa caçar.


Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário