Resenha | Star Wars: O Último Comando (Trilogia de Thrawn volume 3)


Eu sempre tenho um medo muito grande quando estou chegando ao final de uma série de livros que eu gosto, pois o final é extremamente importante para que possamos manter a nossa opinião sobre a obra, pois um término ruim muitas vezes pode estragar absurdamente todo o caminho que a estória seguiu. 

Claro que ao começar a ler O Último Comando, eu tive muito desse medo, mas o livro aos poucos conseguiu fazer eu o perder.

Depois adquirir várias naves da frota Katana, o Império está muito mais perigoso, e a Nova República tem que descobrir como eles estão conseguindo tripular todas essas naves em tão pouco tempo.


A Nova República também suspeita que alguém está os traindo e passando várias informações ao Comandante Thrawn. Leia está cada vez mais perto de ter os gêmeos. Karrde começa a traçar um plano para convencer outros contrabandistas a auxiliar a Nova República, enquanto Mara Jade ainda está na capital.

Assim como no primeiro livro da trilogia, O Último Comando começa em um ritmo mais lento e aos poucos vai acelerando, a segunda metade é simplesmente espetacular, nela temos o grande confronto entre Luke, Mara e C'baoth, a batalha que gera o desfecho da trilogia e vários outros acontecimentos importantes. Thrawn continua inteligente, frio e astuto, enquanto seu braço direito Pellaeon ainda tem dificuldades para acompanhar o raciocínio de seu superior.

Finalmente vemos o nascimento dos gêmeos, que futuramente se tornam personagens importantes no universo expandido. Também vemos a aproximação de Mara e Luke, e como ela acabou se consolidando como uma das personagens mais queridas do UE.

Os 3 livros da Trilogia de Thrawn.

A capa feita pela editora Aleph manteve o padrão de qualidade, com a mesma diagramação das outras obras de Star Wars (o que é ótimo), mas nesse livro eles pecaram um pouco na revisão, pois as vezes algumas frases aparecem incompletas, soando mais ou menos assim: "Eles entraram passarela". Claro que isso não estraga a leitura, mas a quantidade de vezes que isso ocorreu acabou incomodando um pouco. Espero que a Aleph corrija isso em edições futuras, mas no geral a editora continua de parabéns.

Difícil falar sobre o final de uma trilogia sem lançar spoilers, e como prefiro não estragar a experiência de vocês, vou ficando por aqui, mas saibam que eu não podia ter esperado um final melhor para essa que é a trilogia mais importante do antigo universo Expandido.

Ficha Técnica:
Nome: Star Wars: O Último Comando
Autor: Timothy Zahn
Editora: Aleph
Páginas: 528
Onde Comprar: Submarino, Saraiva, Amazon.
Adicione ao Skoob


Nenhum comentário:

Postar um comentário