Reviews/Previews das séries baseadas em HQs - Marvel/ABC


Aí galera! Acharam que tinha acabado não? Ledo engano garotos e garotas, hoje vamos trocar as cores do Grenal das editoras e falaremos sobre a Casa das Idéias e suas séries! Comentaremos especificamente sobre as da emissora ABC, Agents of SHIELD e Agent Carter. Vamos lá!


Agents of SHIELD

Agents foi muito instável em seus primeiros momentos, se tivesse que apostar jogaria 50 mangos que nem seria renovada para a 2ª temporada. Ainda bem que não apostei, ia perder cinquentinha e do jeito que as coisas andam apertadas ia fazer falta! A primeira temporada acabou muito boa e deixou todos empolgados quando foi renovada.

Na sua segunda temporada manteve o bom ritmo, com muita ação e desenvolvimento maior dos personagens, cada vez mais bacanas. Um dos maiores acertos foram as respostas a várias perguntas feitas tanto na temporada passada como durante essa temporada. É claro que os "cliffhangers" são necessários para qualquer seriado que se preze, mas ficar os acumulando é certeza de questões sem resposta a médio/longo prazo. AOS fugiu dessa "maldição de Lost" e nos deu encerramento para vários tópicos e teorias feitas pelos fãs. Não darei spoilers, então assistam! E nem preciso comentar que várias novas questões foram feitas e deixadas em aberto para manter o público vidrado.


Outra coisa interessante foi a interação entre a série e o MCU, acontecimentos dos filmes refletiam na série e vice-versa. Interação tão grande que uma certa "raça" há muito esperada foi introduzida na TV, fato que surpreendeu grande parte dos "especuladores" de comics (Não, não foram os mutantes, infelizmente a FOX os monopoliza, mas quase isso!). Mesmo que exista uma briguinha interna entre a Marvel Cinema e a Marvel TV (assunto que abordarei logo logo, em outro texto!) essa interação é sensacional. Nunca existiu um fio condutor de mídias tão diverso quanto o MCU vem sendo nos últimos anos. Isso é ótimo para o fã mais exigente que acompanha tudo que consegue da editora!

Próxima temporada já foi confirmada, inclusive com stand na Comic Con. Ela será baseada em uma equipe já conhecida das HQs chamada Secret Warriors, que foi capitaneada por Daisy Johnson, a Quake (Tremor) das HQs, quem assistiu sabe exatamente quem é. Outras novidades são membros novos para o casting da série (ainda não confirmados), participações de alguns atores dos filmes (Anthony Mackie, o Falcão dos filmes, já está confirmado) e pasmem, uma morte importantíssima irá acontecer!

Gosto bastante de AOS, ela manteve minha audiência até seu fim, sempre empolgante e divertida. Não sei se ela é tão legal para pessoas que não acompanhem o MCU completo ou não curtam muito HQ's, mas se você é fã da Marvel eu nem preciso falar, você vai acompanhar, nem que seja pra se manter atualizado (HAHA)! Caso não seja, não acredito ser lá muito interessante, são tantos acontecimentos e nomes, easter eggs e referências e devem deixar o fã “civil” confuso.

Se quiser ler a nossa crítica da segunda temporada, com spoilers, clique aqui.


Agent Carter

Ah, a melhor surpresa do mundo dos supers desse ano! Vimos a Marvel ser pioneira em algo há muito clamado tanto pelo público quanto pela crítica, uma heroína feminina forte. Não nos leve a mal Scarlett, mas a Viúva Negra ainda precisa bem mais explorada para ganhar nossa admiração, sorry, mas nem ela ou qualquer outra, tanto de DC ou Marvel, conseguiu ganhar tantos pontos positivos em diversos aspectos como a agente secreta dos anos 40!

Mostrando a história de Peggy Carter após os acontecimentos do primeiro Capitão América, a curta série de oito episódios, que era para ser um "interlúdio" bacaninha enquanto AOS estava de férias, roubou a cena. Apresentando todas as dificuldades de ser uma mulher com personalidade, que ainda por cima trabalha em algo visto como masculino para a época, Agent Carter nos presenteou com cenas incríveis que me faziam pensar "Espero que muitas jovens estejam vendo essa série, é uma baita lição". A coragem e força de vontade para superar tudo que se apresentava em sua frente conquistaram rapidamente o público de Agents of Shield e até quem não gosta de super-heróis! Com uma história um pouco mais "terrena", com menos poderes e mais brigas de ego, porém ainda muito ligada ao MCU, trouxe o toque de realismo que em muitas vezes falta para sua irmã de ABC.


Claro, a série foi longe de ser perfeita. Pela sua curta duração poderia ser mais direta em alguns pontos. Achei ela um pouco cansativa e clichê em certos momentos. Essa possibilidade de um "arco fechado" sempre me empolga mais que as séries no formato padrão, achei uma pena não terem explorado mais a fundo tanto o Universo Marvel quanto a história em si. Porém todos esses problemas foram superados pelo carisma da atriz principal Hayley Atwell e do papai Stark, Dominic Cooper, provando que canalhice é genética, dando um saldo positivo.

Vejo muito potencial para esta segunda temporada. Com certeza será explorada mais a questão da Hydra e seu início, envolvendo vários personagens "históricos" da Marvel e do mundo real. Para mim é praticamente impossível a Marvel errar a mão nessa série, quem sabe se repetirem as fórmulas batidas da primeira temporada os espectadores se tornem cansados, mas mesmo assim será ótimo ver o retorno do personagem título da série! Acompanharei sem dúvidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário