Reviews/Previews das séries baseadas em HQs - Parte 4: Vertigo


Olá olá caros leitores! Chegamos na última parte dos previews de séries da DC, falaremos sobre sua “subsidiária” para adultos, a Vertigo. Esta empresa conhecida por publicações como Sandman, V de Vingança, Hellblazer, e também pelas adaptações que chegarão em nossas telinhas esse ano, Preacher e Lucifer. Vamos lá!


Preacher

Espero que você conheça Preacher, sinceramente se não conhecer vá atrás já! Caso alguém fale para você algum dia que HQ's são coisa de criança ou gente imatura, esfregue as 66 edições da obra prima de Garth Ennis na cara deste infeliz! Uma das maiores comics da Vertigo, Preacher foi sucesso de público e crítica, possui personagens incríveis e aborda principalmente o assunto espinhoso da religião, com arcos complexos e profundos, páginas cheias de sangue, abusos de drogas e sexo, tudo isso numa pegada faroeste. É genial, e deve ser lida com atenção, saboreando cada página e analisando cada dúvida que ela desperta em seu ser.

Deu pra ver a responsa de adaptar uma série dessas, não? E aí começam meus medos, a dupla que resolveu vestir a camisa e escrever os episódios é nada mais, nada menos, que Seth Rogen e Evan Goldberd. Não levem a mal, eu adoro os filmes de comédia desses caras. Pineapple Express, This is the End, Superbad, entre outros tantos, são ótimos, mas Preacher não é uma comédia dessas. Tem seus momentos de humor (normalmente negro), mas tem tensão, drama e sutilidades, que fazem alguns diálogos que parecem normais, serem geniais e essa dupla tem a sutilidade de um elefante dirigindo maquinário pesado.

AMC é conhecidíssima por ter nos apresentado a genial Breaking Bad e também The Walking Dead, parecem não ter problemas quanto assuntos polêmicos e sangue, o que em teoria dá certas liberdades para a dupla. O casting da série está no início, mas alguns personagens principais já foram decididos. Arseface, o homem com um cu na cara (sim, é isso mesmo, google it), será vivido por Ian Colletti e umas 10 horas de maquiagem diárias. O vampiro irlandês Cassidy será interpretado por Joe Gilgun e Ruth Negga fará Tulip O'Hare, com Dominic Cooper sendo sondado para o papel principal. Por enquanto tudo ok com esse casting, bons atores, escolhas interessantes, nada de ruim para se falar.

Meu único medo fica com o rumo da série nas mãos dessa dupla de engraçadalhos, espero que eles saibam o tamanho desta obra e respeitem seus fãs, fazendo com que ela seja épica e digna de ser lembrada por décadas (ok, vamos voltar ao mundo real). Que Jah abençoe as vossas cabeças, Seth e Evan.

Data de Estreia: Dezembro de 2015 ou Início de 2016.


Lucifer

Eu não tenho como ser parcial nessa série. Desculpem se ofenderei alguém, mas não tem como e explico o porquê. Lucifer é um personagem da DC introduzido pela genial Sandman de Neil Gaiman, sendo só um dos vários e vários personagens existentes na nossa cultura popular que são apresentados de outra maneira pela obra, entre eles Caim e Abel, Loki, Belzebu, a própria Morte encarnada. Lulu, para os íntimos, chegou a ter sua própria publicação por certo tempo. Entendam que Sandman é extremamente complexa e difícil de ser adaptada, não possuindo adaptações prévias na TV/Cinema e não sendo algo de conhecimento do grande público pela sua linguagem complicada, somente agora Joseph Gordon Levitt está sondando uma adaptação em filme, que lentamente vai se formando, bem lentamente inclusive.

Pegaram a vibe, não? Quase a mesma de Preacher, Sandman é um dos maiores clássicos da história dos comics e é quase uma “leitura obrigatória” para todos que entram nesse mundo. Uma responsa incrível para quem falar que vai adaptar.

E assim, do nada, simplesmente do nada, pegam um personagem isolado de uma HQ sensacional, sem muito apelo popular e resolvem fazer uma séria inteira em cima dele. Sendo que o personagem da série sequer lembra o da HQ. Logo de cara você deve estar se perguntando, vai ter uma série do Sandman pela FOX? Não. Esse filme do Gordon Levitt terá algo a ver com a série? Não. Ela fará parte do “universo” DC/Vertigo em algum momento? Absolutamente não.

A quem vocês querem enganar FOX? Sério? Colocaram uma "marca" de respeito para tentar chamar fãs de HQs em um enredinho chinfrim de quinta categoria feito "pelos criadores de Californication". Sério? Sério mesmo? Por favor.

Se vocês tiverem estômago pra arriscar assistir essa heresia, boa sorte. Como série em si não duvido que dê certo e consiga seus fãs, já vi premissas bem piores que funcionaram, mas podiam pelo menos falar que é um personagem novo e não forçar a barra contando essa mentira deslavada que essa série é "uma adaptação de HQ". Fiquei enojado com os teasers e trailers que passaram, se Sandman fosse uma obra de Alan Moore ele iria na casa dos produtores desse seriado com uma serra elétrica e instrumentos de tortura.

Data de Estréia: Início de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário