Conheça mais dois lançamentos da Editora Aleph


Olá leitores do Nerdbucks, hoje venho lhes trazer as informações de mais duas obras recentemente lançadas pela editora Aleph. A primeira é Star Wars: Provação, que se passa 40 anos após o episódio VI. A segunda obra é o livro do Planeta dos Macacos, que foi o que deu origem a todas as adaptações cinematográficas posteriores.

Uma última aventura para Luke, Léia e Han

"Uma história divertida e dinâmica, com alguns dos personagens mais icônicos de Star Wars" - The Founding Fields

Após lutar pela justiça e pela República, vencer o Império, salvar a galáxia tantas vezes e derrotar diversos vilões poderosos e geniais, Leia, Han e Luke bem que mereciam um bom descanso, uma aposentadoria para relaxar e apenas relembrar suas façanhas, desafios e principalmente conquistas. Mas, assim como a Força é poderosa, o universo conspira para que eles tenham mais uma aventura, um grande momento de glória para os mais importantes heróis da cultura pop.


STAR WARS: Provação, de Troy Denning, marca um momento histórico do trio, antes do anúncio da Disney referente à renovação do cânone de STAR WARS. O romance se passa quase quarenta anos após os acontecimentos de STAR WARS VI – O retorno de Jedi, e também próximo ao período dos acontecimentos do novo filme da franquia, STAR WARS VII – O despertar da Força, que chega aos cinemas em dezembro. Apesar de ser parte do universo expandido e contar a história de seus mais importantes personagens, Provação traz uma trama independente, que se fecha em um único livro.

"Excepcional... Uma aventura que provoca a imaginação." - Roqoo Depot

 Na obra, Lando Calrissian solicita a ajuda de Luke, Han e Leia para resolver um problema com um grupo de piratas que atacou sua nova refinaria na orla exterior. Mas o desafio torna-se muito mais difícil quando percebem que o grupo de piratas é só uma distração para uma conspiração muito maior: se antes o inimigo era o Império, em Provação ele pode vir de qualquer lugar e pelos mais diferentes interesses, como a ambição e a vingança.

Devido à longa passagem do tempo desde suas primeiras aventuras, Luke já não é mais o jovem poderoso, porém confuso, dos filmes. Agora, como um grande mestre Jedi, ele tem a capacidade de controlar a Força de diversas formas. Leia também superou o período de aprendizado e já é considerada uma grande cavaleira Jedi. Já Han Solo continua impulsivo e genial como sempre foi.

"Troy Denning abre caminho para novas aventuras e retoma a sensação do universo de Star Wars e de seus adorados personagens." - Library Journal

Provação traz tudo o que os fãs da franquia esperam: naves, guerras espaciais, duelos com sabres de luz decepando braços, além dos principais personagens da saga STAR WARS em uma trama que combina perfeitamente chantagens, sequestros e batalhas tão épicas quanto as da trilogia original.

Drops:

- STAR WARS, Episódio VII: o despertar da Força, o aguardadíssimo novo filme da franquia, já tem data de estreia: 17 de dezembro de 2015. Harrison Ford (Han Solo), Mark Hamill (Luke Skywalker) e Carrie Fisher (Leia Organa) fazem parte do elenco. A direção é de J.J. Abrams, conhecido por dirigir os filmes mais recentes da série Star Trek.

- A capa do STAR WARS: Provação foi feita pelo estúdio americano Two Dots, que também fez as capas de Assassin’s Creed e Alex Rider, entre outras franquias de games e livros.

- A Aleph irá lançar mais 17 livros do universo expandido de STAR WARS até o final de 2016. Para 2015 estão previstos os livros: A ascensão da força sombria (Trilogia Thrawn) em junho, Tarkin, Darth Vader e filho e Princesinha de Vader em julho, Um novo amanhecer em agosto, O último comando (Trilogia Thrawn) em outubro e Herdeiro do Jedi em novembro.

A Editora Aleph lança O planeta dos macacos, romance que deu início a uma das franquias mais bem-sucedidas do cinema

Uma das mais importantes obras da cultura pop, originalmente lançada em 1963 e base de oito adaptações para o cinema, o livro O planeta dos macacos, do romancista francês Pierre Boulle, está sendo lançado pela editora Aleph.

O clássico, que já vendeu milhões de exemplares em todo mundo, recebe uma nova edição, com extras que vão impressionar os mais fiéis fãs: um posfácio do escritor e jornalista Bráulio Tavares, uma entrevista com o autor do romance para revista Cinefantastique, na qual ele comenta as adaptações para o cinema, e uma matéria sobre Pierre Boulle feita pela BBC.


A história se passa em um futuro não muito distante, apresenta a trajetória de Ulysses, um jornalista que parte com uma tripulação de cientistas para uma missão de descoberta de novos planetas. Em sua busca, os astronautas pousam em um local muito parecido com a Terra, um lugar repleto de florestas luxuriantes e com clima ameno, um pretenso paraíso, que apesar de muito atrativo, não é o que parece. A maior diferença entre a Terra e Soros, nome dado ao planeta descoberto, são seus habitantes. Enquanto aqui os seres humanos se desenvolveram, dominaram a natureza e os outros animais, em Soros, os macacos exerceram esse papel, e os homens são animais tão pouco desenvolvidos que mal se comunicam entre si, e servem aos símios como carregadores, cobaias e animais de estimação.

Mesmo com um “quê” de história de entretenimento, na obra, Boulle revisita algumas das questões mais antigas da humanidade: O que define o homem? O que nos diferencia dos animais? Quem são os verdadeiros inimigos da espécie humana? Desde as primeiras páginas até o final surpreendente – ainda mais impactante que a famosa cena final do filme de 1968 –, O planeta dos macacos é um romance de tirar o fôlego e justifica seu lugar entre os clássicos da cultura pop e principalmente da ficção científica.

Drops:

- A primeira adaptação para o cinema, feita em 1968, tinha no papel principal Charlton Heston, um ícone do cinema na década de 60. Em 2001, o livro foi novamente adaptado por outro grande nome: Tim Burton;

- O filme O planeta dos macacos (1968), ganhou o Oscar de melhor maquiagem, na primeira vez em que esta categoria foi concedida;

- No Brasil, o autor Saulo Adami é considerado um dos maiores especialistas na franquia. Seus conhecimentos sobre o filme e o livro são encontrados na obra Diários de Hollywood onde ele retrata a experiencia de participar de convenções ao lado dos atores e técnicos do filme e até o seu dia de Macaco, quando pôde conhecer a cidade dos macacos, maquiado como um deles;

- O planeta dos macacos teve quatro continuações, todas pela Fox. São elas: De volta ao planeta dos macacos (1970), Fuga do planeta dos macacos (1971), A conquista do planeta dos macacos (1972) e A batalha do planeta dos macacos (1973). Posteriormente, ganhou novas adaptações como em O planeta dos macacos (2001) e a trilogia O planeta dos macacos: a origem (2011), O planeta dos macacos: o confronto (2014) e O planeta dos macacos 3 (previsto para 2016);

- A capa desta edição foi criada por Pedro Inoue, diretor artístico da revista canadense Adbusters e responsável pelas capas de 2001: uma odisseia no espaço, Laranja Mecânica e Neuromancer – 30 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário