Agents of S.H.I.E.L.D. - Crítica da Segunda Temporada


AVISO: MATÉRIA CONTÉM SPOILERS

Quando a série Agents of S.H.I.E.L.D. foi anunciada, todos ficaram empolgados com a volta do agente Coulson, afinal, o personagem teve um inesperado sucesso no MCU e sua morte acabou chocando e desagradando a muitos fãs. Vieram os primeiros episódios e muitos desses fãs acabaram abandonando a série, pois ela estava muito "bobinha", com um roteiro fraco e não demonstrava um potencial muito grande. Mas os fanboys da marvel as pessoas que insistiram em acompanhar a série acabaram tendo uma enorme surpresa, quando lá pela metade da primeira temporada os eventos do filme Capitão América 2: O Soldado Invernal afetou diretamente os acontecimentos da mesma. Na mesma temporada a série teve um grande aumento de qualidade e terminou de uma maneira que fez com que os fãs ficassem esperançosos de que a segunda temporada seria boa.

A segunda temporada começou, e a cada episódio lançado, a série provou que os fãs mais otimistas não estavam totalmente certos ao acharem que a segunda temporada seria boa... Ela foi MUITO boa!

O coisa Homem Absorvente em ação

Já na primeira metade da temporada fomos apresentados ao Homem Absorvente (Absorbing Man em inglês, eu sei que essa tradução literal em português fica meio estranha né, mas...), personagem que hoje sabemos que está ligado com a série Demolidor da Netflix, pois ele é Carl "Crusher" Creel, o jovem lutador que perde a luta para o pai de Matt Murdock, evento que resulta em sua morte.

Começamos a temporada com o Coulson buscando respostas para o fato de ele entrar em transe e desenhar os símbolos alienígenas, que acabamos sabendo que são de origem Kree (vimos um pouco sobre eles no filme dos Guardiões da Galáxia). Somos também apresentados ao grande vilão da primeira metade da temporada, o cientista da Hydra: Daniel Whitehall.

Daniel Whitehall
Fazendo um breve resumo: Whitehall também está buscando descobrir mais sobre os artefatos dos Kree, claro que por razões bem diferentes, para poder criar armas supremas. Com todo o desenrolar da trama na primeira parte da temporada, ficamos sabendo que os artefatos se bem usados acabam dando poderes para algumas pessoas. Skye e Raina acabam ganhando poderes no meio da temporada.

Por falar na Skye, acabamos descobrindo que seu pai é Calvin Zabo, também conhecido como Mister Hyde nas HQ's. Pelo fato de Skye agora já ser considerada uma agente da S.H.I.E.L.D. e possuir o poder de fazer as coisas tremerem (não é tão simples, mas se quiser saber mais assista ao seriado hehe), não é tão difícil descobrirmos que ela é na verdade a personagem conhecida como Tremor nos quadrinhos. Na segunda metade da temporada isso fica ainda mais óbvio quando descobrimos que seu verdadeiro nome é Daisy Johnson.

Calvin Zabo/Mister Hyde
Agora, a segunda metade da temporada foi um show a parte. Nela fomos apresentados aos Inumanos e baseado em tudo o que vimos, podemos formular algumas teorias. Sabemos que por causa da birrinha briga da Marvel e da Fox por causa dos direitos dos X-Men, a empresa quadrinista está pensando em fazer com que os mutantes vivam isolados do resto dos personagens. Então ao final da temporada, temos uma cena que dá a entender que podemos ter uma "epidemia" inumana, ou seja, pode ser que os inumanos tomem o papel dos mutantes no universo cinematográfico da Marvel. Vimos poderes de alguns inumanos que apareceram na série e que são muito parecidos com os poderes de alguns mutantes conhecidos. Podemos citar dois exemplos facilmente notados, como o poder de teletransporte do Gordon, que lembra muito com o do Noturno e o de uma inumana secundária que apareceu no final da temporada e tinha o poder de criar cópias de si mesma, nos lembrando do Homem Múltiplo.

Gordon e seu poder de Teletransporte que solta uma "fumaça" e lembra o do Noturno dos X-Men
Tivemos também algumas subtramas, umas envolveram o Ward, que finalmente abriu mão de sua obsessão pela Skye. Tivemos um conflito que dividiu a S.H.I.E.L.D. e foi o assunto principal de alguns episódios. Nessa subtrama envolvendo a divisão da agência, acabamos conhecendo o agente Gonzalez, que foi interpretado pelo excelente Edward James Olmos (conhecido pelos nerds pelo seu papel como o Comandante Adama no seriado mais recente de Battlestar Galactica).

Agente Robert Gonzalez

Para o lado dos mocinhos tivemos a adição de Hunter e Bobbi Morse. O primeiro personagem eu achei que foi uma adição bem legal, é um personagem que eu curti bastante. Mas no caso da Bobbi (no gibi ela é conhecida também como Harpia), achei a personagem meio chatinha e não gostei da atuação de Adrianne Palicki, espero que na próxima temporada ela tenha uma evolução igual a que os seus companheiros tiveram da primeira para a segunda temporada.

Bobbi e Hunter

Falando das atuações, o pai e a mãe da Skye se destacaram bastante. Todas as tramas que envolveram os dois foram muito bem desenvolvidas, o que também ajudou bastante, mas o mérito final foi mesmo dos atores.

O que eu achei mais confuso na temporada, foi a relação entre Fitz e Simmons. Sabemos que na primeira temporada ele acabou tomando uma decisão que colocou a vida dele em risco para que ela fosse salva. Essa segunda temporada mostrou as sequelas que ele teve por causa do acidente, e que a relação dos dois ficou abalada por causa da conversa que eles tiveram enquanto estavam no fundo do mar. Mas tipo, eles tem uma conversinha sobre a relação deles, ele toma uma decisão que poderia ter o matado para salvar ela, e ela se afasta dele? Está certo que esse tipo de coisas podem acontecer no mundo real, mas os personagens tinham uma ligação muito grande e achei o motivo desse "rompimento" muito fraco.

No geral podemos dizer que essa temporada serviu para elevar bastante o nível da série, claro que ela ainda não entra para o rol de melhores séries de HQ's (que inclui Demolidor, Arrow e Flash), mas fez com que o seriado deixasse de ser algo meia boca para virar uma coisa ótima, com um potencial para melhorar ainda mais na terceira temporada.

O que acharam? Você tem mais algum ponto positivo ou negativo para comentar? Nos diga mais embaixo nos comentários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário