6 Motivos para assistir a série Vikings


Com a 3ª temporada de Vikings prestes a começar (dia 19/02 nos EUA), resolvi escrever uma matéria com os motivos que nos levam a assistir essa série do History Channel, para quem ainda não assiste conhecer um pouco mais sobre a série e para os que assistem já irem entrando no clima dessa temporada nova. Vamos aos motivos:

1 - Ragnar Lothbrok


“Odin deu um olho por conhecimento, mas eu daria muito, muito mais”

Sim, o primeiro motivo é o personagem principal. Afinal, toda boa história começa com um bom protagonista e nisso Vikings não decepciona. Ragnar é baseado em um personagem histórico que se chamava Ragnar Lodbrok (teve pouca alteração no sobrenome), e foi um grande rei Nórdico considerado até hoje como um herói, mas os relatos sobre a sua vida são apenas esboços e não se sabe ao certo o tipo de vida que ele levava e se seus feitos ocorreram ou não da forma que se tem conhecimento. Mas voltando ao Ragnar do seriado, ele é um personagem muito cativante, pois apesar de ser um viking que ama as guerras, ele tem um bom coração e está sempre buscando por conhecimento, tanto que a frase supracitada foi dita por ele na série.

2 - A parte Histórica


Muito do que se retrata no seriado é tirado de nossa história, como os saques que os Vikings faziam em suas invasões à Grã-Bretanha e a parte que retrata os costumes dos povos dessa época. Claro que nem tudo é fiel, mas Vikings é uma obra bem concisa que mistura ficção e realidade. Exemplificando o mesmo diverge de Game of Thrones em que tudo é fantasia.

3 - Diferenças culturais e religiosas entre os povos


Sabendo que a mitologia nórdica possuía vários deuses e Odin era seu principal (sendo ele o deus da morte) já mostra uma das diferenças entre os vikings e os anglo-saxões. Os primeiros guerreavam por puro prazer e honra, afinal, para um viking a morte mais honrada era a alcançada nos campos de batalha. Também aproveitam mais os prazeres carnais, sendo os cristãos o oposto disso, mais conservadores e tradicionalistas, havendo um grande choque cultural. Esse choque fica mais nítido com o personagem Athelstan, que é um monge que foi arrancado de seu monastério por Ragnar Lothbrok e levado para viver no meio dos Vikings, já podem imaginar o conflito ideologico na cabeça do pobre monge né?

4 - Lagertha


Não tem como assistir a série e não gostar da Lagertha, sério. Lagertha é a esposa de Ragnar e mãe de seus filhos, mas ela não é uma simples "dona de casa", ela é uma ótima guerreira e possuidora de uma personalidade muito forte, e isso já pode-se notar logo no primeiro episódio da série. Infelizmente não tem como eu dar mais detalhes da personagem sem encher essa matéria de spoilers, assistam que vocês irão me dar razão.

5 - Floki


Floki é outro personagem muito bem criado, no começo do seriado ele é um construtor de barcos meio louco, mas com o passar do tempo ele vai se tornando um aliado muito importante para Ragnar, mas continua com seu jeito meio doido e que apesar de tudo, leva muito a sério as tradições vikings, tanto que ele não gosta nenhum pouco do fato de Ragnar trazer um cristão pra morar no meio dos vikings.

6 - As batalhas


É praticamente impossível citar vikings e não mencionar as batalhas, que aliás, são muito bem construídas no seriado. Nele vocês vão ver batalhas contra os anglo-saxões, batalhas entre vikings... Guerra é uma coisa que não irá faltar nesse seriado, afinal, para os vikings a guerra era algo muito prazeroso, e quem iria gostar de ver um seriado sobre eles que não mostrasse essas batalhas?

Enfim, esses são alguns dos motivos que fazem o seriado ser muito bom, quais são os seus?

Nenhum comentário:

Postar um comentário